Por que os Correios Recebem tantas reclamações?

É bem comum essa empresa receber reclamações, mas você sabe o motivo de tamanha indignação?

Infelizmente, é extremamente comum conhecer pessoas que passam ou já passaram algum problema com o envio dos Correios. Mas você já parou para pensar por que os Correios recebem tanta reclamação? É isso que iremos mostrar para você nesse post; alguns dos motivos que fazem os Correios ser motivo de tanta indignação e, para conhecer os possíveis porquês, é só continuar lendo os próximos tópicos.

Se você já se perguntou qual é o motivo de os Correios receberem tantas reclamações, basta ler esse post para saber a resposta.

Não é de hoje que é possível ver uma massiva manifestação de pessoas que se colocam com grande indignação em relação a empresa Correios. Pesquisas recentes mostram que houve um disparo circunstancial nas reclamações feitas no site Reclame Aqui; mas o que faz a empresa receber tantas críticas e por que a mesma não se propõe a melhorar os seus sistemas? É isso que você irá descobrir nesse post, confira!

Por que os Correios é motivo de tanta indignação?

Para saber qual o motivo dos Correios receberem tantas reclamações, é importante se atentar em alguns fatos específicos, e para que você possa compreender completamente essas questões, resolvemos dividir os motivos em alguns tópicos. Portanto, confira abaixo alguns dos principais motivos.

Atraso nas encomendas

O principal motivo que tem feito a empresa ser alvo de tantas críticas é em relação a má gerência de distribuição de encomendas. Não é muito difícil conhecer uma pessoa que já teve problemas com esse serviço, o que só prova a ineficiência da empresa em várias circunstâncias. Os problemas variam desde encomendas extraviadas ao não cumprimento da entrega na data estipulada.

O site Reclame Aqui mostra que foram registradas, em 2017, cerca de 3.704 reclamações contra os Correios somente no mês de dezembro, o que corresponde a um aumento de 147% em relação ao mês anterior. O Procon de São Paulo, por exemplo, atendeu, também em 2017, a 512 queixas sobre a empresa Correios, sendo que 156 dessas reclamações se referem a não prestação de algum serviço.

Percebe-se que há uma constante elevação nos índices de insatisfação da parte dos clientes da empresa, pois todas pesquisas mostram que, anualmente, o número de reclamações só está aumentando. Diversos relatos ainda mostram que há um agravante categórico, pois o problema se alastra ainda mais entre o período da Black Friday e o Natal, haja vista que a grande maioria das pessoas realizam suas compras pela internet nessa época do ano.

Má disposição em encomendas internacionais

O motivo anterior é somente um dos porquê os Correios recebem tantas reclamações, mas não para por aí. A insatisfação é ainda mais significativa quando se coloca em pauta as compras feitas em sites estrangeiros. Há ainda mais indignação nessa parte, pois é quase que um consenso de que todos eles tiveram problema com a data de entrega, e o motivo de atrasado nem sempre é porque a encomenda não chegou no Brasil, mas muito pelo contrário.

Muitas pessoas afirmam que, quando a encomenda chega no Brasil, os Correios simplesmente não lançam no sistema por pura má vontade de realizar a entrega e, ao entrar em contato com a empresa, eles denotam que não há nada registrado, o que nem sempre condiz com a realidade. Alguns atribuíam essa má vontade ao fato de a empresa não receber os custos da entrega.

A má disposição em entregar encomendas internacionais é um fator bem irritante, pois às vezes você está precisando urgentemente do produto.

Ou seja, supondo que você comprou um produto da China no valor de US$20, esse valor cobriria unicamente as despesas do produto e o envio dele da China até o Brasil, mas não cobria o valor gasto pelos Correios para enviar a sua mercadoria até o seu endereço e, por conta desse motivo, a sua encomenda ficava parada por muito tempo em algum centro de distribuição.

Foi por essa razão que o Correios adotou a taxa de R$15 para todas as encomendas internacionais. Anteriormente, somente as encomendas que eram tributadas que tinham a obrigação do pagamento dessas taxas e, segundo consta a empresa, o volume de produtos internacionais aumentou significativamente. Portanto, o pagamento dessa taxa tendia a melhorar o envio de encomendas internacionais, mas muitas pessoas ainda se mostram insatisfeitas.

Taxação de produtos

Outro motivo dos Correios receberem tantas reclamações é justamente a cobrança da taxa de R$15 e o valor de tributação. Algumas pessoas não concordavam com o valor da tributação e, nesses casos, era possível abrir uma reclamação para contestar esse valor, o que também acabava gerando uma certa indignação, mas essa taxa de quinze reais propulsou ainda mais a repulsa.

Isso aconteceu porque há muitos produtos internacionais que são vendidos, por exemplo, a um total de R$10. Porém, com essa cobrança da taxa, ocorrerá de o valor do chamado “despache postal” ser mais caro que o valor total da encomenda, e isso ainda gera indignação, pois acaba desanimando muitas pessoas de realizarem as suas compras internacionais por conta dessa taxa.

Por que esses problemas não são resolvidos?

Uma das razões de não acontecer uma melhora considerável nos problemas da empresa é pela falta de concorrência. Afinal, por ser uma empresa do Governo, o Correios detém um certo monopólio no país, como o de entrega de cartas. A empresa costuma processar quem ameaça os seus negócios, como foi o caso de um zoológico que chamou motofretes para resolver algumas questões burocráticas.

Ou seja, além de os Correios não oferecer um bom serviço, por ser cheios de falhas, ela ainda pune outras empresas que ameaçam os seus negócios. Porém, outras instituições como a UPS, DHL, FedEx e algumas nacionais tais como a Total Express, Transfolha e a JadLog, por exemplo, até podem trabalhar em território brasileiro com serviços de entrega, mas também são intimidadas pela empresa Correios e, fora isso, também não é muito lucrativo contemplar todo o país.

Pelo fato de o brasil ser geograficamente extenso, acabaria se tornando inviável para algumas empresas abranger o país como um todo.

Portanto, é possível afirmar que, de uma certa forma, os problemas dos Correios não são resolvidos de maneira plenamente eficaz porque não há concorrência, consequentemente, não há outras opções de escolha, o que torna algumas pessoas reféns dessa empresa. Inclusive, esse também é um dos motivos do Correios receber reclamações; não dar chance para possíveis novas empresas.

O que fazer quando você tem um problema com a encomenda?

Caso você tenha algum problema com a sua encomenda, a primeira solução que você deve procurar é saber como fazer uma reclamação nos Correios, pois é somente dessa forma que o seu problema poderá ser resolvido com mais rapidez. Afinal de contas, se você não reclama de um problema, a empresa irá deixar a sua situação para depois, pois ela irá entender que você não está com tanta prioridade de receber a sua encomenda.

As reclamações aos Correios podem ser feitas através do número de telefone, presencialmente ou até mesmo pela internet e, por isso, recomendamos que você pesquise o passo a passo de cada um e avalie aquele que for melhor para você e para as suas necessidades.

Lembre-se, apesar de os Correios ser alvo de muitas reclamações, não evite de também expor o seu problema, pois é somente dessa forma que a empresa ficará ciente de que algo está errado. A gente se despede por aqui, mas não deixe de partilhar esse post nas suas redes sociais para que outras pessoas também tenham acesso a essas informações. Também não deixe de acompanhar outros artigos daqui do site, até a próxima!